Muito forte, Douglas!
Nesta semana tenho lido e meditado muito sobre esse assunto. Pedro tinha a espada porque não enxergava Jesus como Ele realmente era. Enquanto não enxergarmos quem Jesus é, e isso só acontece depois de um encontro verdadeiro com Ele, estaremos dependentes da espada.

Eu fui assim, até o dia em que passei por uma situação difícil em que a minha “espada” não me serviu pra nada. E aí tive que reconhecer Jesus como Ele realmente é.

Acho que o “canto do galo” é necessário para nos lembrar de onde saímos e para onde não devemos voltar, de quem éramos e quem não devemos mais ser. É difícil confiar em quem não se conhece, por isso há muita gente dependente de suas “espadas”.

Que Deus o abençoe e lhe dê muita saúde para continuar conosco nessa travessia da vida.

 

Maravalda Santos Sodré.