Ewá é a divindade do rio Yewá. Na Bahia é cultuada somente em três casas antigas, devido à complexidade de seu ritual. As gerações mais novas não captaram conhecimentos necessários para a realização do seu ritual, daí se ver, constantemente, alguém dizer que fez uma obrigação para Ewá, quando na realidade o que foi feito é o que se faz normalmente para Oxum ou Iansã.
O desconhecimento começa com as coisas mais simples como a roupa que veste, as armas e insígnias que segura e os cânticos e danças, isso quando não dizem que Ewá é a mesma coisa que Oxum, Iansã e Iemanjá.
Orixá que protege as virgens e tudo que é inexplorável. Ewá tem o poder da vidência, Sra. Do céu estrelado rainha dos cosmos. Ela está o lugar onde o homem não alcança.
Seu símbolo é o arpão, pode também carregar um ofá dourado, uma espingarda ou uma serpente de metal.
Às vezes, Ewá é considerada a metade mulher de Oxumarê, a faixa branca do arco-íris. Ela é representada também pelo raio do sol, pela neve. As palmeiras com folhas em leque também simbolizam Ewá – exótica, bela, única e múltipla.
Na verdade ela mantém fundamentos em comum com Oxumarê, inclusive dançam juntos, mas não se sabe ao certo se seria a porção feminina, sua esposa ou filha. Quando cultuada na nação Keto, Ewá dança, ilu, hamunha e aguerê, Na cultura jêje, onde suas danças são impressionantes, prefere o bravun e o sató e dança acompanhada de Oxumare, Omolu e Nanã.
Nas festas de Olubajé, Ewá não pode ser esquecida, deve receber seus sacrifícios, e no banquete não pode faltar uma de suas comidas favoritas; banana-da-terra frita em azeite.

CARACTERÍSTICAS DO ORIXÁ EWÁ

Cor Carmim

Fio de Contas – coral, amarelo, dourado
Ervas de Ewá:
Arrozinho, baronesa (alga ), golfão.

Símbolo: traz nas mãos um Arpão

Pontos da Natureza Linha do Horizonte.

Flores flores brancas e vermelhas

Metal Ouro, prata e cobre

Saúde problemas respiratórios e intestinais

Dia da Semana Sábado

Elemento Água
Chakra –

Saudação De Ewá: Hihó (Rirró)

Bebida Champanhe

Animais: Sabiá e sertente

Comidas de Ewá: Banana inteira feita em azeite de dendê com farofa do mesmo azeite (milho com coco, batata doce, canjiquinha) (Recebe oferendas em rios e lagos).
Data Comemorativa 13 de dezembro.