LENDA DA POMBA GIRA SETE SAIAS
” A lenda conta que a Cigana Sete Saias foi apaixonada por um moço “não cigano” o que seus pais não aceitavam… e proibida de viver este amor parou de comer até vir a falecer.

Quando seu corpo estava sendo preparado para velar, sua mãe trouxe suas sete saias favoritas e colocou a seus pés para poder rodar e jogar cartas nos caminhos do astral superior.

A moça chegando as astral, foi recebida por Santa Sara a qual a designou a proteger e ajudar todas as moças que choravam por seus amores proibidos e impossíveis… É a esta entidade poderosa que as mais serias mandingas de amor são realizadas… e há quem diga que o que a Cigana Sete Saias Une… Ninguém separa!

Esta Pomba Gira gosta de receber suas oferendas e presentes nas Encruzilhadas de campo e preferencialmente as 18:00 nas sexta-feira de lua cheia.

Nas suas oferendas não pode faltar perfume de flores ou gardênia, suas velas são coloridas quase sempre vermelhas, brancas e Rosas… que são as cores que simbolizam o sexo, o amor e a tranquilidade nas relações.

Características Dessa Pomba Gira

Ela trás como Arma 1 punhal, também 1 pandeiro, 1 par de castanholas, 1 violino e uma espada.
Sua Bebida Champanhe
Suas Cores preferidas azulão, vermelho, lilás,roxo e verde
Fuma cigarros, cigarrilhas
Lugar Estradas
Vela Pretas, Vermelhas, Brancas, Verde